Nadando no Porto…

Atualmente o que mais me tem dado prazer na vida é nadar no Porto da Barra aqui em Salvador. Tentarei descrever, mas sei que será muito menos do que realmente sinto. Entretanto aceitarei o desafio de tentar transmitir iminhas impressões.  O praia do Porto é uma enorme piscina de 280 mtrs de frente, na Baía de Todos os Santos.
Sua conformação geografica lhe dá um aspecto  de praia de baía, pequena. Sem ondas, verde transparente, profunda, praticamente sem  correnteza (apenas na maré enchente ela corre para o lado direito ,estando de frente para a água).
Eu vou à este lugar pelo menos duas vezes na semana, para nadar…Melhor dizendo qualquer oportunidade que eu tenho. Mas é um nadar lento e suave, sem esforço.
Busco a sensação de deslizar pela água, tento experimentar a facilidade de locomoção dos peixes. As vezes sinto tão agradável e fácil locomover-me na água que não tenho palavras, cada vez que nado melhor, mas fácil tem sido estar.
Vou contemplando o fundo, simplesmente sentir-me capaz de estar confortável e totalmente a vontade em outro meio que não seja o meu. Sentir que posso ir, voltar, mergulhar, flutuar…As vezes fico dando voltas em meu proprio eixo para ver as belezas a minha volta, pedras, gaivotas, nuvens, pôr do sol, verdes, azuis, peixes que passam, barcos que passam, gente que está atravessando ao longe, como eu…
As gaivotas pequenas e brancas chegaram. Estão de passagem, vieram passar o verão  conosco e em março partirão para o Canadá. Nem preciso comentar o quanto isso é importante para mim.
Gosto de flutuar de olhos abertos para ver o céu azul e quando é noite, contemplar as estrelas e a lua, ou de olhos fechados apenas abandonando-me sem resistência, apenas  sentindo a água.
Atualmente  como disse é o que mais me fascina o que mais me dá prazer…Estar no meu mar. Mar da gaivota.
Anuncios

Acerca de gaivotanoazul

Soy lo que soy.
Esta entrada fue publicada en Pensamentos. Guarda el enlace permanente.

Una respuesta a Nadando no Porto…

  1. Cláudia Márcia dijo:

    Me fizeste chorar…Não sabes quanta falta sinto de fazer o mesmo…Sentir o mar cariciando minha pele…Não há um dia que não peça a Deus para afastar de mim meus temores…Para assim poder novamente sentir o prazer indescritivel de ser tocada pelo mar…

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s